Arquivo de mulheres judias: contando histórias para cultivar feministas em ascensão e honrar os líderes anteriores em questões de gênero

23 Julho 2019

Os 10 principais sites de bate-papo em 2020

Pesquisamos, testamos e revisamos sites de câmeras em uma variedade de categorias, fornecendo uma análise detalhada de todos os detalhes importantes para que você possa encontrar o perfeito em minutos. Navegue pelas nossas principais listas agora para começar sua jornada!

Range Site Caracteristicas Intérpretes Classificação Visite o site
# 1 Estou vivo Conheça milhares de garotas na webcam dos EUA EUA Em linha
Os modelos usam quadros brancos para listar atividades favoritas
100% gratuito, sem necessidade de registro
Mais de 50.000

Revisão do MyFreeCams
Veja MyFreeCams
# 2 ImLive Converse com garotas que compartilham seus interesses
Eventos especiais com estrelas porno reais
Grátis para usar + Premium
Mais de 36.000

Revisão do ImLive
Veja ImLive
# 3 livejasmin Converse com modelos profissionais ao vivo, sem fãs
Entre para o fã-clube do seu modelo de câmera favorito
Grátis para usar + Premium
28.000+
LiveJasmin
comentário
Assista ao vivo
# 4 CamSoda Converse com fãs internacionais
Tags e categorias para ajudar você a encontrar artistas
Grátis para usar + Premium
25.000+

Revisão CamSoda
Veja CamSoda
# 5 Chaturbate Nudez grátis e sexo ao vivo garantido
Os artistas listam suas atividades para receber dicas
100% grátis
Mais de 30.000

Revisão do Chaturbate.com
Veja Chaturbate.com
# 6 bongacams Registro inicial rápido
Acompanhe os tokens com o timer de sessão
Grátis para usar + Premium
10.000+

Revisão de BongaCams
Veja BongaCams
# 7 RabbitsCams.com Interaja com milhares de bebês europeus
Descubre Caras frescas en la sección "Nuevos modelos"
Gratis de uso + Premium
Mais de 6.000

Revisão Coelho
Ver CoelhosCams
# 8 CrazyLiveCams Chatea con cientos de chicas de cámara
La mayoría de las Cam Girls usan Teledildonics
Gratis de uso + Premium
10.000+
CrazyLiveCams
comentário
Veja CrazyLiveCams
# 9 XLoveCam Chatea con chicas sexy y usa teledildónica
Eventos especiales de webcam en topless
Gratis de uso + Premium
Mais de 35.000

Revisão do XLoveCam
Veja XLoveCam
# 10 SexyOnCams Chatea con modelos adultos de 18 a 50 años o más
Perfiles informativos con fotos sexy
Gratis de uso + Premium
10.000+

Revisão do SexyOnCams
Veja SexyOnCams

A versão curta: Entre namoro online e a integração do feminismo, namoro mudou radicalmente ao longo das últimas décadas. Na sociedade moderna americana, comumente aceita as práticas do passado, como os homens que pagam para o jantar, tornaram-se mais fluido, deixando solteiros querendo saber como adaptar-se a um modo mais igualitário do namoro. Coletando milhares de histórias em toda a história, a judaica Arquivo da Mulher (JWA) concentra-se em líderes feministas judaicas, tanto do passado e do presente, que inspiram a introspecção ea liderança no feministas em todo o mundo. Desde a sua fundação em 1996, o arquivo digital e online exposições, recursos e programas de organizações sem fins lucrativos têm cultivado uma comunidade ativa de motores e abanadores. Atthe Arquivo das mulheres judias, peopleof todas as idades e sexos se reúnem para compartilhar suas experiências, fortalecer suas identidades, e encontrar um terreno comum.

WhenI inscreveu para Fiction American Jewish na faculdade, meus amigos suspectedi estava apenas trolling para uma data. Eu gosto de categorizar o meu tipo como nerds straight-up, mas um par de myboyfriends foram também, coincidentemente, judaica, então não há uma teoria por aí que eu sou um otário para meninos judeus. Na realidade, eu levei judaica iluminada para aprender, não encontrar romance.

load...

Um livro atribuído na classe, uma trama de Mulheres por Esther M. Broner, me pareceu um pushback capacitar contra o patriarcado; Senti vergonha de sair como uma classe feministin, então eu mantive a minha mão para baixo durante a discussão. Aboy à minha esquerda, no entanto, não hesitou em falar. “Idon't acho que é tão controversa”, disse ele. “Quero dizer, nós somos todas as feministas, certo? Quem não acredita em igualdade?”

OK, talvez por isso os meus amigos tinha um ponto. Levou apenas algumas frases para que eu comece uma queda por myclassmate.Affection é construído sobre aqueles momentos quando alguém diz que seus pensamentos antes de você. Se você se sentir como você é uma minoria na sociedade em geral, ter alguém que tem sido tradicionalmente representante do seu lado é uma coisa poderosa. Há poucos lugares onde gênero e de sala de aula dinâmica, literatura judaica, e feminismo pode ser entrelaçadas. O Arquivo Judaico de Mulheres (JWA) é uma organização cujo trabalho e comunidade digital oferece espaço para todas essas conversas.

load...

Fundada em 1996, JWA é um arquivo digital da maior coleção de histórias de mulheres judias no mundo. Com base em raízes acadêmicas, esforços JWa para makehistory acessível e divertida através do podcast Can We Talk e as judias Com blogue atitude. Ambos on-line resourcesgive moderna feministas um lugar para compartilhar e crescer através de histórias.

JWA promove modelos, casais de energia e mulheres valentes para inspirar seu público para a ação.

Com o objetivo de efetuar a mudança, capacitando futuros líderes feministas através dos exemplos da womenwho vieram antes deles, o site comemora mulheres judias que fizeram um impacto na luta secular pela igualdade e inclusão. Recentemente, a organização expandiu seu alcance através do patrocínio de discussões sobre-o-terreno, programas públicos, e uma bolsa de pensamento-liderança visa feministas adolescentes judeus.

load...

“Somos um arquivo puramente digital dedicada às vozes de mulheres judias”, disse Rachel King, Diretor de Marketing e Comunicação para JWA. “Nós aprendemos com nossos antepassadas e as mulheres kickass incríveis que vieram antes de nós para fazer a mudança hoje.”

Vozes contemporâneas Promover Progressive Ideais & Igualdade

Arquivo das Mulheres judaicas visa inspirar um despertar intelectual na feministas em todo o mundo. Os website'scommunity storiesand podcasts ambos enfatizam líderes históricos como forma de capacitar os membros de sua comunidade para continuar a lutar para a mudança social.

Tomado como um todo, Arquivo das Mulheres judaicas dá aos leitores um vocabulário e contexto para falar sobre sexo e identityin uma forma significativa. Uma animada parte conduzido pela comunidade do site da JWA é o blog “judias com atitude”, que fostersa relaxado espaço, informal para as feministas judias para reunir e conversar. Se você quer um lugar para meditar sobre relações interpessoais e questões feministas contemporâneas, você pode filtrar as histórias pessoais de escritores apaixonadas sobre JWA.

Um autor anônimo se conecta a sua experiência com o movimento #YesAllWomen. Outro líder feminista Larisa Klebe fortemente empurra de volta contra os estereótipos redutores e antiquados de feministas como homem-haters. Para a sugestão de que a chamada “guerra dos sexos” mata romance, ela aponta para seu próprio casamento feliz: “É perfeitamente possível”, escreve ela, “para uma feminista de estar em um relacionamento saudável com um homem enquanto ainda acreditando que ele se beneficia de privilégio masculino.”

Este blog instigante aborda tudo, desde os direitos reprodutivos para as armadilhas de namoro on-line , e não simplifica nem generaliza os conflitos que as mulheres enfrentam.

“JWA faz parte de reescrever a história a partir da perspectiva das pessoas que estão realmente vivendo todos os dias.” - Kate F., pesquisador e leitor de Arquivo das Mulheres judaicas

Às vezes sério, às vezes divertida, a linha blogcovers uma série de temas polêmicos - cabelo evenJewish. Neste vasto arquivo das histórias e experiências de líderes judeus e feministas, “ O que é cabelo judaica ?” É mais popular post do JWA de longe. Publicado em 2007, o artigo ainda acumula uma grande quantidade de atenção no blog.

“É, obviamente, ressoa,” Bella Livro, Assistente Executivo e Office Manager do JWA, disse com uma risada. “Nosso blog é muitas vezes alegre e lunático, o que é ótimo. Ele tem humor, mas também tem a consciência de que tudo o que falamos tem um fundo histórico e tem ressonância para as mulheres de hoje.”

Eventos locais estimular a conversação na comunidade judaica

JWAis maior arquivo mundial de mulheres judias. Cada ano, mais de 1 milhão de visitantes vêm para o site, e manyfind um sentimento de pertença e de identidade nas palavras e histórias de mulheres judias, como Emma Goldman, Bella Abzug, Gloria Steinem, e Ruth Bader Ginsburg. Indo além de seu conteúdo, Arquivo das Mulheres judaicas dá às pessoas a oportunidade de se envolver e encontrar supportin uma atmosfera amigável.

Você pode conferir o calendário de eventos JWA para aprender sobre os próximos chances para participar da discussão e conhecer pessoas que compartilham seus ideais em programas públicos.

Além disso, clube do livro online da JWA promove leitores conversationamong nas bookworms sites.Por como eu, falando sobre o que você está lendo isa maneira rápida de se relacionar e construir amizades. O clube do livro é aberto a pessoas de todos os gêneros e origens. Você pode ir on-line perguntas toanswer discussão, ler entrevistas do autor, e geta lista de títulos feministas judaicas curadoria.

No clube JWA livro, os leitores recomendar booksand discutir títulos escritos por autores judeus.

Feministas judaicas Adolescentes podem se tornar parte de The Rising Voices Fellowship , um programa de pensamento-liderança de 10 meses dedicado a capacitar as mulheres jovens a desenvolverem as suas opiniões e as suas vozes, escrevendo para o blog do JWA. Tais alunos bem-falantes partilhar as suas experiências, refletir sobre a justiça social, e vem com inestimáveis escrita e habilidades de liderança. É uma grande oportunidade para construir confiança e habilidades de liderança em um ambiente de grupo de apoio.

“Por causa do Rising Voices Fellowship, agora eu sei que o que eu digo, escrever e acreditam que é significativo”, Ellie Kahn, um JWA RVF Fellow. “Se é isso que o poder se sente, então eu posso entender por que todo mundo quer isso.”

Ativismo encorajador e engajamento, Arquivo das Mulheres judaicas promove sua agenda progressiva através de parcerias público programas, bolsas de estudo e voluntariado. “Nós definitivamente evoluiu ao longo dos últimos duas décadas,” Rachel disse, “para se tornar um mais interativo e envolvente forumfor pessoas de todas estilos de vida.”

A Nonprofit Multifaceted alimentado por Passionate Women & Men

Arquivo das Mulheres judaicas fostersa diversificada, colaborativo e acolhedor cultura da empresa. Eles até mesmo deixe cães vir e passar o dia descansando no escritório.

Dr. Judith Rosenbaum, Diretor Executivo da JWA, lidera pelo exemplo.

A liderança de olhos claros de Judith Rosenbaum, Diretor Executivo da JWA, é uma grande parte da atmosfera positiva e jocoso entre o pessoal do Arquivo das Mulheres judaicas.

“Ela dá o tom”, Rachelsaid. “Ela tem graves costeletas de intelectuais como um estudioso feminista, e ela é uma líder feminina realmente fabuloso, então estamos todos a sorte de trabalhar em um lugar focada em mulheres e alimentado por mulheres.”

Reflexivo e inspirador, Judith tem seu Ph.D. Em Estudos Americanos de Brown e fala com convicção sobre o empowerment e liderança. Para esse fim, ela incentiva as mulheres a partilhar as suas experiências. “Stories nos curará”, ela escreve em um post no blog “, individualmente e como uma nação. Então, hoje, e nos próximos dias, chegar a alguém e compartilhar uma história ou se envolver na conversa.”

JWA Destaques fêmeas Role Models & Agentes de Mudança

Arquivo das Mulheres judaicas reconhece pioneiros do passado ao defender para a igualdade no presente. Histórias do arquivo executar a gama de honrar sufragistas americanos para quebrar o teto de vidro. “Nós amamos com impacto intergeracional das mulheres e reconhecendo os ombros que se levantar,” Rachel observou.

Comunidade de educadores da JWA ajudar a moldar o futuro das mulheres em todo o mundo.

Através da educação e ativismo, Arquivo das Mulheres judaicas construiu um espaço digital verdadeiramente única. Sua extensa coleção de histórias promove uma compreensão da história para informar os conflitos e as questões do presente.

Além conteúdo itsremarkable, a organização sem fins lucrativos oferece uma infinidade de chances de se envolver comentando on-line, assistir a programas locais, ou voluntariado com JWA. Byjoining a conversa, você pode achar que você tem mais aliados do que se pensava, e isso é sempre uma sensação reconfortante.

Quando o meu colega falou sobre o feminismo, a classe praticamente deu-lhe uma ovação de pé. Por manifestar o seu apoio, ele encorajou outros a vestir o rótulo de “feminista” sem estigma. Eu não era o único a ficar depois da aula para falar com ele (leia-se: flertar com ele), porque, vamos enfrentá-lo, rapazes feministas estão quentes.